terça-feira, 30 de junho de 2015

Eu ontem, hoje e nunca amanhã.

O que quero fazer? Que objectivos vou ter? Como ocupar os tempos livres? Como fazer com que os outros gostem de mim?
Tantas dúvidas e nenhuma certeza.
Toda a minha vida tentei agradar a todos mas sem sucesso. Na infância fui ignorado ou menosprezado e muitas vezes por quem menos esperava.
Desesperava pela atenção de amigos e desejava um dia ter alguém que me compreendesse e gostasse de mim.
Com o tempo os amigos foram surgindo e mantiveram-se durante os anos, mas esta constante insatisfação e desejo por agradar o alheio permaneceu.
Permanece.
A procura incessante pela aceitação como uma criança à procura do amor dos pais.
Sempre coloquei os outros em primeiro lugar. Patético!
Se o egoísmo é esgotante, o altruísmo em excesso é absurdo e patético.
Eu sei disso. Se aprendi com isso?! Duvido. Posso ter aprendido a dar mais valor ao relevante e a mim próprio, mas ainda há muito acessório que faz "espécie".
Hoje tenho um evento de uma pessoa que tenho andado há um ano a tentar conquista-la mas que parece não resultar.
Por muito que tente parece querer recusar a minha amizade.
Hoje e aqui, perante vocês afirmo: desisto. Vai pró caralho palhaço de merda que não vou perder mais tempo com o "acessório".


10 comentários:

  1. Tu tens de estar em primeiro lugar sempre! Isto pode parecer egoísta, mas não é. E essa atitude, de desistires de alguém que parece não querer a tua amizade, só revela que já começas a aprender algo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim,aos pouquinhos eu chego lá ;)

      Eliminar
    2. Sim,aos pouquinhos eu chego lá ;)

      Eliminar
  2. Eu sempre tive o defeito de querer que gostassem de mim e não é bem isso que acontece, mas acredita que se sabemos quem somos, temos que ser um pouco egoístas e pensar primeiro em nós (raramente faço isso) viver para os outros não é um lema de vida a seguir.

    A amizade é algo natural, se não funciona, descola.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo que eu penso, mas é difícil a rejeição. seja ela qual for :(

      Eliminar
    2. É isso mesmo que eu penso, mas é difícil a rejeição. seja ela qual for :(

      Eliminar
  3. Todos queremos agradar aos outros, somos um ser social e ponto.
    Há pessoas que, por serem cool, lindos, ricos, etc, tem trabalho facilitado. O problema nesse caso pode ser descobrir quais são as verdadeiras amizades.
    Quanto ao teu grito em específico, ou não estas a ser claro (não parece), ou ele não quer ou é cego.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Goodblog Badblog, parece-me que não quer mesmo e eu deixei de insistir.

      Eliminar
  4. Isso demonstra tanto sobre ti que já fiquei a gostar de ti!
    Um abraço! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado e também já gosto de ti (pelo que li do teu blog) ;)
      Abraço

      Eliminar